Tocantins é pioneiro na realização do “teste da linguinha”

No Tocantins, o Hospital Maternidade Dona Regina (HMPDR) é pioneiro na implantação do Protocolo de Avaliação do Frênulo da Língua em Bebês ou, simplesmente, o teste da linguinha. Em Palmas, o exame já é realizado há 3 anos.

Conforme a coordenadora da equipe de fonoaudiologia do Dona Regina, Flaviana Fernandes, no último ano o teste tem sido sistematizado, diante das propostas para torná-lo obrigatório em todo o Sistema Único de Saúde. “Aqui no Hospital já realizávamos o acompanhamento odontológico e fonoaudiológico dos bebês, onde são avaliadas a posição do frênulo lingual e a sucção correta no peito”, afirma ressaltando que na maternidade os recém-nascidos são acompanhados por uma equipe multidisciplinar (pediatra, fisioterapeuta, odontólogo e fonoaudiólogo).

Ainda de acordo com a coordenadora, a principal preocupação é garantir que os bebês realizem a sucção correta durante a amamentação. “O teste da linguinha pode colaborar com a detecção e prevenção de problemas na fala e até mesmo formação óssea”, acrescenta a fonoaudóloga do Hospital Luciana Angela Soares.

Luciana ressalta que o procedimento é simples e indolor. Durante a avaliação, o fonoaudiólogo verifica manualmente a posição e comprimento do frênulo lingual do bebê. “Através do teste da linguinha verificarmos a inserção do frênulo lingual do bebê, que deve estar no posicionamento e na dimensão correta de modo a não comprometer a amamentação e, em casos mais sério, até mesmo a fala da criança”, esclarece.

Atualmente o teste da linguinha é realizado, de forma sistemática e por lei, apenas no Estado de São Paulo. No Tocantins o Teste já é realizado há mais de três anos nas maternidades públicas do Estado, tendo os resultados registrados no prontuário do bebê. A Sociedade brasileira de Fonoaudiologia (SBFa) esforça-se para convencer parlamentares a transformar o teste da linguinha em lei federal, assim como ocorreu com os testes do pezinho, olhinho e da orelhinha.

Outros testes

Durante a triagem neonatal os recém-nascidos do Dona Regina realizam diversos testes, sendo eles: Teste do Pezinho, Teste da Orelhinha, Teste da Linguinha, Teste do Olhinho, Teste do Pezinho e Teste do Coraçãozinho. Todos os testes são feitos durante o período que mãe e filho ainda estão internados, no pós-parto.

Teste do Pezinho

O teste do pezinho é um exame obrigatoriamente realizado em todos os bebês recém-nascidos, a partir do 3º dia de vida. Pelo exame podem ser detectadas doenças metabólicas, genéticas e infecciosas, que poderão causar alterações no desenvolvimento neuropsicomotor do bebê.

Teste da Orelhinha

Outro serviço ofertado aos recém-nascidos do Hospital Dona Regina é o exame de Emissões Otoacústicas Evocadas, mais conhecido como Teste da Orelhinha. Através deste exame é possível descobrir diversas doenças auditivas.

Teste do Olhinho

O teste do Olhinho visa identificar o reflexo vermelho que está normalmente presente nos recém-nascidos que não possuem doenças. O teste identifica precocemente doenças graves como cataratas, tumores, má formação no globo ocular, cicatrizes ou retinopatia de bebês prematuros, que é a principal causa de cegueira infantil.

Teste do Coraçãozinho

Os bebês passam por avaliação pediátrica, onde, dentre outras coisas, são avaliados o ritmo e os batimentos cardíacos do bebê, a fim de prevenir problemas cardíacos futuros.

Da Agência Tocantinense de Notícias

Compartilhe

Você pode se Interessar:

Anuidade ABRAMO 2022