Câmara de Brotas aprova Projeto de Lei sobre o teste da Linguinha

No último dia 10, a Câmara Municipal de Brotas, aprovou por unanimidade o Projeto de Lei do Legislativo n.º 006 de autoria do vereador Capitão Modesto Salviatto Filho, o qual dispõe sobre a obrigatoriedade do “teste da linguinha” dos recém-nascidos no Município de Brotas. Este teste só está sendo realizado graças ao trabalho da fonoaudióloga Roberta Lopes de Castro Martinelli que em seu curso de mestrado, denominado teste da linguinha recebeu o prêmio de melhor trabalho do “V Encontro Brasileiro de Motricidade Orofacial” realizado na cidade de Curitiba/PR, que através da aprovação da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, o teste tornou-se acessivél a todos os recém-nascidos.

Este teste ajuda a identificar se os bebês têm a lingua presa o que dificulta inicialmente a amamentação e deglutição e posteriormente a mastigação e fala. Brotas é a única cidade no Brasil a realizar este exame que é feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia na integra o projeto de lei teste da linguinha

 

 

VEJA TAMBÉM:

  • Publicado em 20/9/2012 às 19h57

Agência Estado

 

A Câmara de Brotas-SP aprovou lei que obriga a realização do teste da linguinha em recém-nascidos do município. O procedimento é importante para o diagnóstico precoce e, se necessário, o tratamento adequado, corrigindo problemas relacionados a sucção na amamentação, deglutição, e, posteriormente, a mastigação e fala. De acordo com a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, o teste é único no Brasil. A lei municipal 2.565 é de 13 de setembro de 2012. Segundo Roberta Martinelli, idealizadora do teste e membro da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, “existem graus variados de língua presa, por isso é importante existir um teste que considere os aspectos anatômicos e funcionais para realizar um diagnóstico preciso, indicando ou não a necessidade de cirurgia do frênulo da língua”.

Compartilhe

Você pode se Interessar:

Anuidade ABRAMO 2022