Projeto de Humberto Aidar torna obrigatório o “teste da linguinha”

O deputado Humberto Aidar (PT) apresentou projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade de realização gratuita do exame denominado “teste da linguinha”, no Estado de Goiás. Aprovada preliminarmente em Plenário, a matéria está em discussão e votação na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa.

Em sua justificativa, o parlamentar petista argumenta que sua iniciativa atende ao apelo da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, que pretende ampliar o acesso de bebês ao teste da linguinha, que permite diagnosticar precocemente a chamada língua presa. Com isso, é possível fazer o tratamento adequado, corrigindo problemas de forma imediata, como sucção na amamentação, deglutição, e, posteriormente, a mastigação e a fala.

“Assim, busca-se garantir, por meio da presente proposição, que o exame seja gratuito nos hospitais e demais estabelecimentos de atenção à saúde, mantidos em todo o nosso Estado. Ressaltamos, por fim, que o teste da linguinha é um benefício que precisa ser garantido de forma gratuita a todos os recém-nascidos, deixando de ser um procedimento particular que beneficie poucos”, coloca o deputado.

Humberto Aidar ressalta que o teste da linguinha realizado por fonoaudiólogos ganhou projeção mundial pelos benefícios proporcionados, o que recomenda que a sua realização se torne obrigatória.

Compartilhe

Você pode se Interessar:

Anuidade ABRAMO 2022